Layout / Art: Ana.

quarta-feira, junho 06, 2007

Homens....


Eu havia feito uma combinação comigo: - não conto mais caso de paixão, ou de namoro.
É um saco explicar pra amiga depois.
Tem gente, sério, que acredita que a sexualidade acaba aos 50....
Que acha imoral meus textos. Recebo cada email que me deixa com vergonha de quem escreveu, tamanha caretice e chatice juntos
Hoje, quebrando meu pacto, vou contar um caso. Começou ano passado.... Escrevi no blog um texto, onde falei de um certo homem que conheci. Vou transcrever um pouco do post, porque ele é atualíssimo!!!

Terça-feira, Novembro 14, 2006.
....................."mas, como ainda não estou morta, aconteceu d'eu trombar de frente com uma figura que me deixou paralisada.puta que pariu, tem uns homens que definitivamente são minha perdição! e esse que eu conheci há alguns dias, é um deles...faixa etária, claro, abaixo da minha...ele é um tipo interessante, olhar dos que tiram a roupa da gente, sorriso de quem sabe que é sedução pura. sem ser lindo, o cara é bonito o suficiente para fazer qualquer mulher virar a cabeça quando ele passa. acreditem, não são muitos homens que conseguem isso. frisson....tesão mesmo! mãos grandes, com tique sensual de jogar com elas os cabelos para trás, boca perfeita, daquelas que satisfazem qualquer feitiche...sou boa de conversa, isso é inegável, mesmo toda tarjada e em fase de abstinência total, mas quando me pego diante do "meu tipo", fico boba! me dá um baita medo, fico sem saber pra onde olhar, sinto frio na barriga, acho que o cara percebe o turbilhão de pensamentos que me ocorrem, que ele vai descobrir o que estou sentindo, e então, perco o chão, quero ir embora! - pô, coisas de adolescente - mas, depois de umas três trombadas com o meu tipo, já estou conseguindo falar algumas palavrinhas com o bonitão...como boa bipolar sagitariana, já senti que vou me envolver nessa historia! "
Moral da história...me envolvi mesmo com ele, mas ele ainda não se envolveu comigo...rsssss
Homem dos mais difíceis, tá duro na queda, porque fica sempre por perto, mas completamente longe.
Oferece a sua companhia, desfruto do seu lazer, do seu conhecimento, do seu olhar quando se encontra com o meu. Cúmplice sim, na rapidez do pensamento, na risada que rimos juntos, no caso que entendemos, na historia em que estamos.
Mas,....é só.Nenhum toque.
Esperanças? Todas! Não desisto... nunquinha...sou discreta, porém presente......rsssss
O jogo da sedução me fascina, me fornece adrenalina suficiente para manter a relação.
Adoro essa situação indefinida, sensual, as vezes lasciva, libidinosa mesmo.
A imaginação viaja solta e tenho a sensação que a qualquer momento vou sentir a mão dele entre as minhas pernas, e de leve, vou me entregar.

2 comentários:

Yvonne disse...

Nossa mãe!!! Fiquei sem fala e cheia de idéias na cabeça. Faz muito bem em viver a sua vida. Amar é muito bom. Beijocas

pianomanga disse...

Oi Marilia bom dia
Veja bem Marilia tenho 59 anos e ve
jo meus "amigos" a todo momento bo
tando em duvida a capacidade viril
de homens sex(agenario). Sera que
ja morremos e nos esquecemos de dei
tar? Nao e bem assim, pois continuo
vendo as femeas da minha especie,
da mesma maneira que a alguns anos
so que agora com mais experiencia,
calma e com as restricoes que advem
com a idade, Somos seres humanos e
nao maquinas, a vida segue e esta muito bom assim.
Ps: Sempre respeitei muito as mulhe
res e continuo da mesma forma, so que agora com muito mais carinho.