Layout / Art: Ana.

quarta-feira, outubro 11, 2006

uma mulher qualquer


ela era muitas.
complicado tentar explicar, por que não era fantasia.
era real.
pela manhã, acordava sempre de bom humor.
era caracteristica de todas elas.
podia ser a menina, a tigresa, ou a mulher fatal, o bom humor matinal era total.
mas, ela se confundia as vezes.
quem estava ali, naquela hora?
quem havia sido amada?
quem os seus homens haviam desejado?
aquela que se veste como Channel, ou a de jeans sem etiqueta e camiseta?
a mulher sensual, a moleca, trapaceira, faceira e ingenua?
a louca, irresponsável, livre e que quebrava todas as regras, fazendo o mundo ser todos os dias paris é uma festa?
ou a soturna, a que tortura, amante noturna caliente?
a calada, introspectiva, analítica, critica, quase paralítica?
a velha, que ainda assim sonha quimeras?
a séria, trabalha na obra constroi pela frente;
ou a destroçada, destruindo por todos os lados?
entendida. irõnica. debochada. antagonica. bipolar nas quatro direções.
cúmplice e traidora, quando lhe interessava.
amiga e conselheira, quando a situação assim lhe apetecia.
ciumes.
caracteristica de todas elas.
mentirosa? dengosa? geniosa?
mas, indiscutivelmente marcante.
até hoje ela esta tentando saber qual delas foi amada pelo seu amor.
todas?
por que ela era muitas.
todos os dias e noites de sua vida.
nunca acordava a mesma, quem havia se deitado, não importava com qual.
somente o seu humor, sempre de bom....
o grande lance, é que ela sempre se desnudou, fosse quem fosse.
porisso é complicado e inexplicavél.
ela se desnuda sempre e se mostra.
luz direta.
quem é ela? qual delas?
Todas.

7 comentários:

monica disse...

...ela é a luz direta, é o acolhimento do novo...o não não é o contrário do sim - ele é um sim interposto...qualquer tentativa de saber quem é ela a afastaria mais da experiência de ser ela...estar na experiência a livra das verdades...não é preciso defender nada. A experiência é performática, ela é coletiva...viva a intuíção...
...sugado de bergson...

marilia disse...

Monica, perfeito! quero mais! pode sugar o resto? rssss
na verdade , é a grande contradição da vida. sei lá...
vai ficar sério o papo ...rsss isso tem que ser , a noite tomando vinho e ouvindo jazz...raaa ai dá o maior clima para filosofar, sociologar e outras falas..rssss
bjos!
valeu o presente!!!!!!!!!!!!
vou esperar com ansiedade, e já te mandei email com emu endereço completinho.... sem desculpas de falhas do correio! uauauauauauauauauauauau

monica disse...

rsrsrsrssss....

Gda disse...

Gente, sinceramente, vocês duas são muito préguiçasssssss, eu não tenho o menor saco e nem acho gracinha esses papos cabeças, Ydi, quem sabe talvez seja isso que te faça tarjão???
Relaxa meninas, curtam a vida sem levar muito a sério, brinquem, gritem, façam confusão, sorriam, mesmo que o sorriso seja triste, pq mais triste que um sorriso triste é a tristeza de não saber sorrir!!!! gostarammmmmmm???????
beijos

monica disse...

mámá..rsrsrsUAUAUAUAUAUAUUUUU...

Anônimo disse...

Que legal! essa tal de Gda é filósofa?
PI

Gdá disse...

Sou sim e safada tb e grossa quando preciso, aparece se for capaz!!! Há, tal de PI, filho da ...