Layout / Art: Ana.

segunda-feira, julho 16, 2007

Tempo...tempo...


O movimento mais dificl é o do tempo.

O corpo se curva a ele.

Eternizar, sem rugas, sem rusgas.

Impossível.

O movimento mais difícil é o do tempo.

Não quero me curvar a ele.

Resisto...

Vou deixar marcas.

Tenho retas, puxa em cima.

Como uma bailarina,tento sempre o pas-de-deux

O movimento mais difícil é o do tempo.

4 comentários:

valter ferraz disse...

Marília, você andou com a Monica Montone, tenho certeza!
Um beijo, menina

marilia disse...

Valter...eu andei com ela sim, mas esse post eu coloquei em agosto do ano passado, e hoje me deu vontade de repostá-lo....
rssss

perdidinha... disse...

já pensou amiga... que o tempo pode ser nosso melhor amigo em alguns aspectos e nosso pior inimigo em outros? não digo na parte estética... pq envelhecer é o que se espera do corpo, mas não do espírito... digo em relação a sentimentos mesmo... praalguns o tempo é remédio, pra outros o tempo é veneno...
beijocasssssssss e ótimo final de tarde pra ti!

Blog do Beagle disse...

Amo o transcurso do tempo e seus efeitos sobre mim. Nem olho as rugas e os cabelos brancos, pois, apenas marcas materiais. Olho somente as imateriais que me deixam bela e calma. Bjkª. Elza