Layout / Art: Ana.

quarta-feira, setembro 19, 2007

sem tema


acreditem: não leio jornal.
vejo televisão.
atualmente leio blogs.
engraçado, não é?
alias, tenho um blog.
Não, não comentei do Renan.
Nem da chacina na favela de BH.
Nem do tiroteio nos ministros no trem.
Nem do julgamento do promotor.
Não sei onde o Lula esta hoje.
Nem sei da CPMF.
estou fora do ar.
me sequestraram, levaram meu dinheiro,
me agrediram e ainda por cima me cuspiram.
rindo de mim, vi a impunidade ao meu lado.
vi que ela é jovem, não usa máscaras.
sequer se importa em ser reconhecida.
.......................................................
Estive literalmente, a beira de um ataque de nervos.
DEU quase tudo errado!
Salvei meu fim de tarde tomando um suco de uvas brancas com o Regis.
O meu analista não me atende quando estou em plena crise de loucura.
Minha alternativa saúde é a bioenergética.....
Eu amo o Regis desde os tempos em que fazer terapia era coisa de maluco.
Mas de maluco mesmo! ( ele foi meu primeiro terapeuta...)
Agora, amigo do peito - pr'eu chorar e morrer de rir - ,
Me faz acumpultura ( juro, deixo ele me enviar agulhas sem reclamar),
Me oferece chás esquisitos ( e eu bebo tudo..),
Suco de uva doce, torta de banana de hippie ( com castanhas)
Diz sempre que eu "tinha que ter" vivenciado o Daime....
Hoje, depois de me anestesiar com suco de uvas brancas,
Empenhado em me impedir de cometer suicidio,
( não sabia se seria arakiri, ou se iria pular do 19º andar )
Ele me mostrou quase mil fotos, criou um Blog novo pra ele,
Me fez nascer de tanto q' eu morri de rir
Me "pôs a recordar" os meus últimos amores....
Ele é o único homem com quem me casaria mais de uma vez.....
Com o Luigi também.
Amo meus homens gays
......................................
CONCLUSÃO (atípica... não se refere ao tema inexistente...) :
Hoje, depois de visitar meia blogosfera,
Sei que meu blog não tem "uma linha" de conduta....
Ele- é- que -nem - eu!
Cheio de retic~encias....
E eu adoro.....
( by Idy)
( foto by Mike Austin)
Uptade:
Sugestão para hoje:

21 comentários:

Ana disse...

Hum... tb adoro reticências...
Só tenho lido jornal pela internet mesmo, ou então as edições de sábado e domingo do EM. Assinamos a Veja mas todo mundo daqui de casa tem ódio da revista. hahaha
Ouço essas notícias tristes e fico revoltada, mas tão revoltada, que não tenho a menor vontade de escrever sobre. E acho q a gente deve fazer o q nos dá prazer, pelo menos aqui, neste mundo louco e livre q é a internet...
Beijos, lindona, fica bem!
E não se esqueça da sua fluoxetina bááááásica, ok???
Ana
www.mineirasuai.blogspot.com

Sandra disse...

E desde quando blog tem "linha"??? Linha, só costureira ou empresa de telefonia!

Beijos

Maria Augusta disse...

Marília, teu blog tem mais que reticências, tem sinceridade. E que bom que você tem pessoas a teu lado para te ajudar quando você está "down", mas espero que você já esteja melhor.
Um beijão e um bom dia.

O Meu Jeito de Ser disse...

Marília querida, seu blog tem não só retiscências, mas tem você, que é o que vale a pena, é por você que chegamos aqui todos os dias.
Na ânsia de saber se está bem, se está aflita, enfim, qual o seu estado de espírito?
E é nos seus escritos que descobrimos.
Beijo meu bem.

DO disse...

Sou mais um fã das reticencias,MARILIA.
Entenda quem e como quiserem,hehehe
Qto à "linha",pouco importa.
O bom é que é sempre muito prazeroso vir aqui.
beijo grande!!

Karina disse...

Marília,
às vezes me pergunto se é melhor saber ou não. Tenho um marido ligadão em política e notícias, então não fico totalmente por fora, se dependesse de mim, sei não.
Q bom ter uma pessoa tão bacana ao seu lado nos momentos complicados, como diria um escritor q adoro 'viver é muito perigoso', mas tbém é compensador.

Então, eu moro em Mogi das Cruzes (do ladinho de SP), mas sou mineira de N.Resende (do ladinho de Poços).

valter ferraz disse...

Marilia, tô com ciúmes desse Régis. Tá pensando o quê?
Fica bem,
beijo grande

luma disse...

Eu perdi a linha faz tempo!
Marília, não conheço uvas brancas. Conheço o Daime. Dai-me meus amigos gays, que também adoro! Homens não típicos e especiais.
Boa semana! Beijus

Yvonne disse...

Marília, delete o meu comentário porque hoje só comentei em meia dúzia de blogs por razões específicas, mas o seu, eu não tenho motivo algum, mas não quero perder o prazer de aparecer por aqui para ler e escrever bobagens. Linha específica minha filha só alfaiate e costureira. Viva a bagunça do seu blog e do meu também. Beijocas carinhosas e não esquece de deletar para não causar ciumeiras.

Vivendo deixando a vida me levar... disse...

Oieeeeeeee... doutorinha!!!!

Saudadesssss.....

btkkss

Meire disse...

Marilia, o q mais tem no meu blog sao... amor escrever e... no começo ...nofinal..., fica tudo amis simpatico.
Mas mudando de pato pra ganso, como vc esta?
Melhorou?
bjs

tati sabino disse...

olá!!
Saudades...
olha..eu tbm não tenho uma "linha", como diria Clarice Lispector..."eu não escrevo o que quero, escrevo o que sou.."
Bjo grande!!
Ando sem tempo, mas sempre que possivel passarei aqui, tá!?

Obrigada pelo link...rs

Ronald disse...

Sigo a Yvonne, e viva a bagunça dos blogueiros... Siga firme Marilia...

Adelino disse...

Marilia, blog não precisa ter linha nenhuma. Não é jornal.
A unica "linha" que mantenho no meu é a de não falar de política, economia e futebol.
Só tem uma coisa: a sua "produção literária" é incrível. Escreve bem e muito. E muito bem...
Também gosto de reticências...
Beijos

pianomanga disse...

Ol� Marilia,boa noite.Marilia, blogs n�o tem que ter linha,voc� sabe muito bem que tens conhecimen
to de todos os assuntos, ent�o tens
que falar qualquer coisa sobre o que quiser e ponto.chega de seguir o manual,a coisa t� anarquisada j�
a 507 anos ent�o... .Marilia eu sou
de SP,o Gabeira � do Rio,politica
mente gosto dele,mas n� posso votar
ent�o... .Faz tres meses que prome
ti n�o falar mais nada sobre politi
ca, voltei comentando o fato renan
porque ainda n�o perdi a capacida
de de me indignar, n�o estou recla
mando, estou puto com os canalhas.
Obrigado pela visita,bj�o e boa quinta feira pra voc�.

Erika disse...

reticênciaassssss...

amo elas...

beijos

Anunciação disse...

Eita,você me deixa é zonza...

Lili disse...

Será q sem esses ataques vc seria essa Marília q eu adoro? Somos o pacote inteiro, até mesmo os pitís rs
Eu tbm tenho amigos gays q são tão maravilhosos, entendem tão bem a alma feminina (talvez por tê-la) q dá vontade de tomá-los pra nossos homens, mas lembremo-nos ( será q é assim? rss) q eles são esse par perfeito pelo fato de serem gays... Ai reflexão demais kkk
Bem tb não sigo linha de conduta, o meu é meio tudoaomesmotempoagora. É, assim juntinho, confuso, mas é como sou...
Adoro vim te visitar
Muitas bjocas

Priscila Pires disse...

Mamyssssssssssssssss
boa noite!
infelizmente a violencia eh jovem mesmo e dah um medo do caramba!
enfim...
sempre fui curiosa com relacao ao tal Daime...
tive uma amiga que experimentou, depois faltou no trabalho 2 dias e disse que nao conseguia parar de chorar...
eu hein...
bjo bjo bjo

Trotta disse...

Peraí, isso quer dizer então que É POSSÍVEL se tornar amigo do seu analista? Eles não são apenas robôs que pregam o distanciamento e gostam da frase "seu tempo acabou"? Hehehe!

Isso pra mim é tão legal e inusitado quanto se tornar amigo de um professor. Não sei porquê, nunca consegui.

andre wernner disse...

Marília,
O importante é estar feliz, já que ser feliz permanentemente é muito difícil. Principalmente vendo tantas atrocidades, desrespeitos e politicagens que campeiam por aí...

Abrir o coração com sinceridade e viver a vida sem máscaras, essas que muitos usam, e por isso, com o tempo, se tornam pessoas amargas, tristes, infelizes por que são obrigadas a mantê-la, escondendo a verdade, a simplicidade e, quem sabe até, a ternura que um dia existiu em suas vidas...

Mas, preferem os holofotes da vaidade, da bajulação e do engodo, e se esquecem que depois de um banho no final do dia, obrigatoriamente vai se deparar com o espelho, que no fundo, refletirá a verdade da alma e, ainda, as rugas do tempo!

A mentira ou o escamotear da verdade, para uns, faz a alegria do momento. Para outros, transforma a vida num inferno. Colocar para fora aquilo que se pensa e sente – com respeito – ainda é a melhor terapia...

E se for com acupuntura, melhor ainda! / Abs