Layout / Art: Ana.

quinta-feira, setembro 20, 2007

Repaginando, o carnaval já esta chegando...


Gente é mais que sabido que a CPMF vai rolar
Eles vão prorrogar o desfrute até pra lá de 2010...
Todos viram e contaram..46 afirmaram que votaram,
e no painel só 35 apareceram, e assim, na "matemática" do senado,
o Renan está cada vez mais Calheiro...

PORTANTO....
Há tempos é carnaval na terra do samba.
Necessário se faz escolher desde já a ala, e sobretudo,
hoje em dia, dividir o valor da bendita fantasia....
Senhoras e senhores, me encontrem na quadra,
começo de outubro, está mais que no tempo,
Estação Primeira de Mangueira mandou me chamar...
Então, vamos em frente que atrás vem gente ...
e a vida "é boa dimais pra se ficar prá trais"...

Mil novecentos setenta e alguma coisa...
O som da batucada me acordou lentamente.
Abri os olhos, ainda estava escuro, mas já sentia a casa se mexendo.
O barulho do tamborim ficando mais alto,
e de repente, como "se" combinado, todo mundo levantava!
- anda gente, rápido, vamos descer...
- o bloco já tá chegando!
A correria pros banheiros, ajeita daqui o baby -doll, puxa dali a camisola,
e mais cinco minutos, já íamos nós, todos de pijamas, pro bloco da Alvorada,
começar mais um Carnaval...
Corria o ano de mil novecentos setenta alguma coisa,
era carnaval,
e a nós, tudo era permitido.
Éramos todos primos, idades e turmas diferentes, mas inegável que a Moniquinha reinava soberana em todas elas.
A turma mais esperada era a do Tio Dédé...
Meu Deus...
A gente nunca deu conta de tanta beleza!!!!
Tio Dédé e tia Marlene fizeram, sem sombra de dúvidas, alguns dos Alvarengas mais bonitos ... Tinho, Biba, Rogerinho e Ricardo!
Quando " os quatro cavalheiros do Apocalipse" desciam o Morro da Fôrca, saindo da casa da tia Nely...
Algo de novo acontecia em São João Del Rey...
Que da minha boca ou das minhas letras não saia uma única palavra!
Mas eu duvido...
Duvido, que exista alguma dentre nós,
"meninas Alvarengas", QUE possa dizer:
- nunca beijei um deles!
E tinha a Baby..., a prima mais louca, a mais linda, a mais tinhosa!
Ahahah.. Ela nos ensinou tudo ....
A nossa união nos fez famosas e conhecidas em São João Del Rey.
Tínhamos regras e até hoje mantemos em vigor nosso código secreto!
Normas básicas:
- Prima não tomava namorado de prima,
- Primo beijava prima e ninguém contava,
- Se qualquer um "desse bandeira" todos socorriam,
- Escondíamos tudo do Sheno, primo mais velho e dedo duro implacável!
( casou-se com a Pilar, que ficou grávida... depois de um carnaval...)
- Todos dividiam a bebida e a cannabbis...
- Todos se reconheciam mesmo debaixo das máscaras
E como ríamos.... dançamos, cantamos...
Ah...como namoramos...
A alegria e a inconsequência impregnavam os quartos mais secretos da casa da vovó....
Naqueles quatro dias de folias, éramos os donos do mundo, e nosso reino começava no Largo do Rosário, pegava a Matriz, passava pelos becos do São Francisco e os bem perto da Rua Direita, sem esquecer os muros e as ruelas que subíamos para chegar na ponte que desembocava no Largo do Tamandaré, até a concentração, na praça em frente a Igreja do Carmo...
Nossa apoteose era a a avenida, na virada, depois da Casa Sade...
Nas arquibancadas, as pessoas se levantando para ver as Alvarengas passarem no abre-alas da alegria!
Tempo bom, lêlê, que não volta mais, saudades de outros tempos atrás..
Lágrimas, que o Roberto derramou..quando o apito entregou...
Corria o ano de mil novecentos e setenta e alguma coisa...
Era carnaval...
A nós, tudo era permitido.
( similar, 06/09/2006, by idy)

18 comentários:

FINA FLOR disse...

sabe que desde que me mudei para o Rio não gosto mais de brincar o carnaval?

aqui ninguém brinca, não! aqui o povo se prepara para uma maratona de bebedeira e pegação.... não tenho paciência.

beijos, frô

MM.

ps: adorei o prima não roubava prima, kkk

Maria Augusta disse...

Marilia, mas que carnavalesca de primeira você é, em outubro e ja preparando o Carnaval! E que belas lembranças você tem dos carnavais de tua juventude, imagino o momento da apoteose como você o descreveu, devia ser de arrepiar...
Um beijão e um bom dia.

Eduardo P.L. disse...

E viva o carnaval!!!

Abçs

Erika disse...

Tudo permitido.
Sua família tem tanto da minha, será que porque somos mineiros igual?

Beijos queridissima

luma disse...

Marília!! éramos felizes e como sabíamos!! Bom dia!! Beijus

valter ferraz disse...

Marilia, turminha da pesadas essa, não?
Conta pro tio aqui: brincavam de médico também, né?
Beijo, menina

Anônimo disse...

Marília, acho que aqui é um bom lugar para eu respirar fundo, e falar do emaranhado de sensaçoes que tenho vivido nesses ultimos dias.... um momento mágico e único na minha vida, não sei que querer é esse, um sentimento que chegou atropelando tudo, tempo, espaço, lógica, razão, forma, de repente me vi assim sem chão, ainda estou atordoada, essa vida é mesmo inexplicável.....mas como disse Clarice Lispector.....Viver ultrapassa todo entendimento...rsrs

"Platão visita o aeroporto:
Hoje muito tarde da noite,me vi no espelho e esqueci do tempo.O frio me levou pela cidade adormecida.Os dias exatos são amorfos e se rendem ao cansaço dos trabalhadores. Sois vós a quem pertenço e o ar medicinal do amor refez a rota que eu havia abandonado há tempos. Somos tão densos que podemos nos sentir à distância.Não nos pertencemos mais,apenas somos sugados pelo interminável desejo da paixão.E onde reina platão,nada é muito sensato,nem adianta tentar entender nada nesse momento,posto que a chama já está acesa. Pelo manual de Platão,somos obrigados a permanecermos vivos,cruelmente desejados e abôbalhados.Não que a paixão seja bôba,mas é enebriante...Mas onde existe embriaguez,poderá haver ressaca e se for pra sempre promoverá a lucidez da cura. Que seja longa a nossa cura ....que dure por muito tempo a paixâo...e que possamos viver sempre apaixonados.Não distantes."..... Como não amar quem te escreve algo tão lindo assim....

Dedéia

Magui disse...

Só de ser carnaval de São João Del Rei já faz diferença. O resto é pela folia particular ou pública.E, coisa para juventude que sabe viver.

Mário disse...

Marília, já postei o meme no APOIO WORDPRESS, daqui a pouco publico no BlogSpot. Beijos.

Anderson-kbça disse...

Olá Marília!!!

bom isso é mais uma coisa que perdi (além do futebol-arte, que hoje está com seus dias contados). Aqui, somos (eu e minha família) por carnaval, Mangueira mais precisamente. Já foram apresentados os enredos, e as escolhas dos sambas esquentam a preparação... vamos em todas as etapas!! mas quando chega fevereiro, não dá mais pra ficar no Rio. Como disse a Fina Flor, virou pegação, só o Bola Preta está salvando e olhe lá!!

abraço.

marilia disse...

From: Magda Alvarenga
Subject: Postar
Sent: quinta-feira, 20 de setembro de 2007 11:15:53
Ydi, porra... não consigo comentar, sempre aparece que a página não pode
ser exibida, engraçadinha essa página né? se exibi, exibi e depois cái
fora rsrsrsrrs, mas vamos lá, posta prá mim.
Carnaval... Há carnaval..... que saudades!!!!!!!!!!!! é um marco e tanto
em nossas vidas!!!!!! Falem de mim, Qualquer nome Serve, Metralhas,
Magnatas do Samba, eu , Méia, Claudão, Monica, Silvana, Patrícia...
todas nervosas com as fantasias rsrsrsrsrs a primeira vez que desfilei,
foi no Falem de Mim, eu e Marcinha fomos vestidas de Guizo e a Méia e
Silvana de borboleta rsrsrsrsrsr, gente... QUE VIDA!!!!!!!!!!!!! QUE
SAUDADES!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! A casa da vovó era tudo em nossas vidas...
tempos vividos, tempos alegres, tempos de muito amor!!!!!!!!!!!! agora é
só SAUDADE!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! beijos prá todos Alvarengas, com muita
alegria de sempre sermos ALVARENGA!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Magda.

Karina disse...

Êta menina festeira, já tá pensando em fev, é? :D
Minha cidade não tinha tradição em carnaval, pequena demais. Mas já vi q os mineiros das cidades históricas aproveitam demais, né? Em Poços dizem q o desfile é muito bom, mas ainda não fui. Pulei um pouco aqui em SP, mas hj em aproveito esses dias pra me esconder. rsrsrs

E s/ a CPMF... ai, até desanima.
Melhor ficar só com as boas lembrandas da folia mesmo.

Bjks carinhosas e um lindo dia pra vc!

monicaalvarenga disse...

nossa!!!falar do carnaval é covardia! Não dá!!!
Bem, bricadeiras de médico a parte, ( ô vida) - ...
eu não dormia direito, ia dando outubro, a definição do enredo, a tentativa de encaixar um biquini mínimo naquele tema, a encomenda das plumas, a ida à Rua da Alfandega comprá-las, bordá-las, um ritual de amor... eu adorava ajudar a bordar meus biquinis, dar movimento, fazer franjas de contas e pedras que pudessem balançar bastante e valorizar o remelexo da braquela aqui de alma negra.. A chegada da véspera do desfile, a ansiedade dos nossos olhares para a serra do Lenheiro para ver se ia chover no dia, a hora de ir para casa se arrumar, a maquiagem, o encontro no largo...o aquecimento da bateria... uauauauauauuuu...

Lino disse...

Pois é. Nos vivemos no país do carnaval, seja data dele ou não.

marilia disse...

Pripas...eu sabia, que o assunto ia levantar as alavrengas...rsss
a gente realmente lava a lma no carná...
bjos .....
gente, eu amo quando esse blog fica totalmente alvarengado!!!!!

Ana disse...

Carnaval no interior... não tem coisa melhor, né Marília?
Pena que de uns tempos pra cá só escutamos funk e axé... :P
beijo

kika disse...

que tempo magnifico. grandes recordacoes.... me lembro do 1 desfile,foi pelo os magnatas do samba, onde a familia da maria da gruta, faziam as fantasias e eu e niltinho iamos experimentar sempre na hora do almoco para barrancar o rango de la. que vida! eramos felizes e unidas, agora temos mesmo e que fazer nossos concursos, ja to treinando, to craque. beijos.

marilia disse...

To: "marilia lima de alvarenga"
Subject: blog
Date: Thu, 20 Sep 2007 18:01:30 -0300
Amor, não tenho conseguido blogar comentários, mas amei o texto de hoje...eu nunca fui uma prima que passei mal com a turma dos Alvarengas do morro.....só brinquei de médico com o Ricardo quando era pequenininha....isso não conta né???????????? Mas amo todos eles e tenho excelentes lembranças de nossos carnavais... lendo o seu texto nos vi entrando na avenida, nos sentindo globeleza, Luma de Oliveira e a Alvarengada toda de pé lá embaixo batendo palma!!!!!!!!!!!! Ai Ydizinha tempo bom mesmo...o Pedro com a garrafinha de guaraná acompanhando toda a avenida para eu não ter sede e eu nem lembrando que ele existia.......
A Moniquinha dando show de samba e a gente capengando mas achando que estavamos abafando que nem ela......e o pior é que a gente abafava mesmo.......................éramos só alegria e não interessava mais nada na vida.......... a gente passava e nossos pais e tios gritavam o nome de cada uma lembra???????????????????
" A escola de samba depois eu digo será semrpe imitada mas nunca será igualada aiaiaiaiaiaiai"
" Linda morena moreninha meu amor das águas do seu cabelo corre água e nasce flor.......
Ai que saudades Ydi...............queria um dia todas nós só caontando essas músicas e lembrando esses tempos que estãrão eternamente em nossos cora~ções e mentes mas que no dai a dia esquecemos e graças ao Blog e aà vc, estou lembrando disso agora no meio de todo tumulto, papéis, providências, decisões do meu trabalho....
Valeu mesmo! Milhões d ebjs!!!!!!!!!!!!!Eu amo o seu blog!!!!!!!!!!!!!
Meia.