Layout / Art: Ana.

sábado, setembro 15, 2007

Encontro / re-vivendo

ela estava ansiosa.
meio sem lugar,
anda da sala para o quarto,
olha no espelho, abre o armário.
troca de roupa.
decide pelo amarelo.
estava bonita.
meio vulgar.
é assim que ele gosta,
pensa enquanto retoca o baton.
morde os lábios.
tique.
segura a taça.
o vinho tem outro sabor depois que se escova os dentes, pensa.
o porteiro avisa que ele esta subindo.
sente alívio.
- espero de porta aberta?
- deixo tocar campainha?
ele chega pelo elevador,
corredor ainda com as luzes apagadas.
para diante da porta.
ela sente - o - respirar,
pode dizer que ouve seu coração bater.

de repente, estavam frente a frente.
quantos anos?
desde a separação,
dramática,
nunca estiveram tão perto.
sem nínguem, sozinhos.
contraditória essa vida.
há muito não ficavam tão próximos.
ela abriu a porta devagar.
a luz do corredor já estava acesa.
deu de cara com aquele rosto tão querido.
olhos nos olhos, tal qual a música.
não chore, não demonstre.
mas o coração falou mais alto.
seu olhar brilhou.
não resistiu.
sequer vacilou.
abriu um grande sorriso junto com os braços.
e se deram em um abraço tão longo,
que se perdeu a noção do tempo.
ela voltou no tempo?
começava um outro tempo.
foi uma noite de muitas,
quando se amaram nús,
quase escondidos.
o grande segredo deles....
e assim permanerão para sempre.
amém.

14 comentários:

tina oiticica harris disse...

Muito bonito, marilia. Gostei mesmo.

meire disse...

Amore, como vc esta'?

Maria Augusta disse...

Muito bonito, Marilia. Os momentos de reencontro são melhores que os de desencontro...Um beijão e um bom fim de semana.

valter ferraz disse...

Marília, bonito isso. Essas dúvidas, sempre pintam num reencontro depois de algum tempo, mas o final é o que importa.
Ficou muito legal. Eu me sentí no final do corredor, espiando pela fresta da porta. Deu prá ver um pouquinho, as roupas no chão da sala, pro exemplo.
Beijo, menina

O Meu Jeito de Ser disse...

Bonito.
Sabe quando a gente já está na torcida pelo personagem, exatamente como fazemos com os personagens de filmes ou novelas?
Pois é, já estava aqui na torcida plo seu personagem.
Causa envolvimento.
Um beijo.
Parabéns, está ótimo.

Erika disse...

ai que lindo!!

Vizinha, isso vai servir exato prá mim semana que vem.. ahahaa

Beijoooosssss

Sonho Meu disse...

"voltates foste???"" hehehehehehe
êta coisa boa !
bjos,
me

Adelino disse...

Marilia, estou pensando seriamente eu não mais visitar o Alvarenga Sempre... Chego aqui, leio essas coisas tão lindamente (des)escritas por você. E o que acontece? Fico sem graça de postar meus relatos pessoais tão singelos lá no Nostalgia.

E ainda fala em não escrever livro? Isto se chama egoísmo...
Guardar somente para si histórias (reais ou não reais) tão tocantes, tão bem narradas.

Um dia ainda te vejo na Bienal Internacional... Eu na fila, você autografando...
Beijos.

Yvonne disse...

A M E I !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Beijocas minha lindíssima

Lili disse...

Enviei o email e sinto q dessa vez vai. Nos outros eu escrevi uma porção de coisas, nessa quase q vai só o anexo rss
Me conta se recebeu
ô trem dificil uai rssss
Bjocas

pianomanga disse...

Minha querida Marilia, � inadmiss�
vel que alguem possa pensar em fa
zer algum mal a voc� voc� s� mere
ce beijos e muito carinho em troca
das coisa lindas que escreve. Bj�o
e �timo fim de semana meu amor. Te
cuida heim.

Anderson-kbça disse...

muito bom!! realmente brilhante.

é verdade, porque não escrever um livro???

E como disse o Adelino, um dia estou la na bienal na fila, já que é aqui pertim de casa.

abraço.

Lino disse...

Reencontros assim são sempre especiais e nos fazem voltar no tempo e recordar as coisas doces vividas.

Lord Broken Pottery disse...

Marília,
Respondo agora e depois volto para ler com mais calma. Estou correndo, como sempre. O que sei agora e não sabia antes: tudo! Viver é aprender. A cada minuto sabemos um pouco mais. Quer dizer... Ainda estou na curva ascendente (risos). Depois começarei a esquecer (choro).
Beijão