Layout / Art: Ana.

quinta-feira, agosto 09, 2007

Sempre presente

malditos queridos
Sempre me lembro deles...
sempre tenho que reler alguma página, madrugada adentro.
Vocês já notaram que a insônia voltou braba...
durmo as 2, 3 da manhã e as 7 já estou "de pé"...
Dizem que a gente dorme menos quando envelhece.Como diz a outra...é verdade....

Sem chances...dentre os meus prediletos, os marginais tem lugar de destaque.
Eles escrevem o que sinto, o que penso.
Me transformo, me identifico.
Gosto de ler Jean Genet.
O texto abaixo é mais que atual, é intrigante.
Fico pensando que nada muda "no final das contas"...

“A sociedade, tal como vocês a constituem, eu a odeio.
Eu sempre a odiei e vomitei. (...).
Desde que encontrei na literatura um exultório, meu ódio tomou uma outra forma, menos pessoal: ele não se traduz mais num impulso interior mais ou menos acidental, ele se deduz de uma filosofia aclarada pela experiência.
De um rancor nasce uma idéia.
E essa idéia torna-se, à medida que avanço dentro de minha obra, mais serena e mais indestrutível.
Eu o sei, eu o testemunho: a ordem social não se mantém senão ao preço de uma infernal maldição que aflige os seres, dentre os quais os mais vis, os mais nulos estão próximos de mim – quer isso agrade a vocês ou não – que qualquer burguês virtuoso e assegurado.
Para sempre eu me fiz intérprete dos dejetos humanos, dos resíduos que apodrecem nas prisões, debaixo das pontes, no fundo da fétida podridão das cidades”.
( jean genet - declarações pessoais)
ps: repaginado

7 comentários:

O Meu Jeito de Ser disse...

Ler é um bom exercício para a chegada do sono, mas procure dormir um pouco melhor.
Sua pele e seu humor agradecem.
Beijos sem insônia.

Camu disse...

Eita... mais deve ser fácil, fácil dormir depois de uma literatura tão levinha como essa...hehehe
Beijocas procê!
E um ótimo dia!!!

O Meu Jeito de Ser disse...

Ué, cadê o outro post aí de cima, que fiz um comentário enorme, ele não publicou e ainda sumiu com o post. Será que fui eu que apagou?
Credo.

Eduardo P.L. disse...

Ler para dormir, acorda! Agora quando a leitura é um sonífero, mude de livro....


Bjs

(;-)))

marilia disse...

Ahahaha camu...vc tem razão....
são meus monstros sagados a me erseguir vida afora e noite adentro...rsss
Aninha, vc pirou de vez??? ele tá lá , alias, aí!!!

valter ferraz disse...

Marília,
a Aninha não pirou não. Quando ela postou o comentário, o post tinha sumido. Eu ví e não estou cheirado nem nada. Juro.
Jean Genet, gosto dele. Aliás, gosto de todos os "marginais". Também sinto-me um deles.
Beijo, menina

Yvonne disse...

Marília, eu tenho dormido muito mal, mas paciência. Querida, foi bom ler Jean Genet. Beijocas