Layout / Art: Ana.

domingo, dezembro 31, 2006

FUIIIIIIIIIIIIIIIII



Foi o ano mais dificil de todos os anos da minha vida, sem dúvida alguma! A DOENÇA ESTRANHA QUE ME DOMINOU ESTÁ SENDO AOS POUCOS CONTROLADA, E CADA DIA QUE PASSA SINTO-ME MAIS FORTE E CAPAZ DE ENFRENTAR OS MEUS LEÕES. Conheci pessoas incríveis esse ano, que me mostraram o sentido exato da palavra solidariedade. Aprendi com o Grecco, que conhecer nossos medos não nos torna menor, pelo contrario, deixa-nos do nosso tamanho, sem enganos ou desculpas.

Porisso, por pior que tenham sido as minhas dores, ainda vou me lembrar desse ano como aquele em que minha vida mudou de ponta cabeça, ainda não sei se pra melhor...

mas uma coisa tenho certeza...pra pior não tem jeito...rssss . E pra terminar esse dia lngo, cujas horas eu conto, quando simbolicamente estou me sentindo despedindo de uma fase estranha e dificil da minha vida, um poema daquele que sempre soube que no meio do caminho tinha uma pedra!!!!

Receita de Ano Novo

(Carlos Drummond de Andrade)

Para você ganhar belíssimo Ano Novo

cor do arco-íris, ou da cor da sua paz,

Ano Novo sem comparação com todo o tempo já vivido

(mal vivido talvez ou sem sentido)

para você ganhar um ano, não apenas pintado de novo,

remendado às carreiras, mas novo nas sementinhas do vir-a-ser;

novo até no coração das coisas menos percebidas (a começar pelo seu interior)

novo, espontâneo, que de tão perfeito nem se nota,

mas com ele se come, se passeia, se ama, se compreende, se trabalha,

você não precisa beber champanha ou qualquer outra birita,

não precisa expedir nem receber mensagens (planta recebe mensagens? passa telegramas?)

Não precisa fazer lista de boas intenções para arquivá-las na gaveta.

Não precisa chorar arrependido pelas besteiras consumidas nem parvamente acreditar que por decreto de esperança a partir de janeiro as coisas mudem e seja tudo claridade, recompensa, justiça entre os homens e as nações, liberdade com cheiro e gosto de pão matinal, direitos respeitados, começando pelo direito augusto de viver.

Para ganhar um Ano Novo que mereça este nome,

você, meu caro, tem de merecê-lo, tem de fazê-lo novo,

eu sei que não é fácil, mas tente, experimente, consciente.

É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre

6 comentários:

Lizzie disse...

Que 2007 seja um ano de muitíssimas boas realizações.
Ano de paz
De amor
De harmonia
De entendimento
De saúde
De união
De felicidade
De carinho
De amizade
De afeto!
Beijo grande

O Meu Jeito de Ser disse...

Que seu ano seja de muita paz, de muita saúde e de muito amor.
Feche as portas de sua vida para a doença, lute, mas lute muito contra ela. Tenho certeza que voce vencerá.
Estaremos juntas no próximo ano.
Beijos

Carlinha disse...

Linda Marilia, que nós consigamos nos ver livre desta coisa feia que se apodera da gente às vezes.
Este ano, depois de uma não tão boa noite de ano novo, decidi procurar novamente a ajuda profissional.
E ser plenamente feliz, sem crises de não sei o quê repentinas.
E é o que desejo do fundo do coração para você, tão linda em todos os sentidos!
Mil beijos!

Yvonne disse...

Marília, tudo de bom para você e familiares. Que sejamos abençoados por Deus. Beijocas

Anônimo disse...

Ydi, amo entrar no blog e ter coisas novas para ler........viajo!!!!!!!!!!!! é um prazer muito grande ler e ver que apesar de todas as dificuldades somos capazes de vence-las.... não acreditamos que seremos mas é incrivel constatar que vamos vencendo...
Ydi que em 2007 tenhamos muito mais alegrias do que tristesas.... se o Criador puder eliminá-las agradecerei mais ainda....que tenhamos bem como nossos familiares saúde em abundância, é disso que mais precisamos para podermos continuar aqui.... amor e paz para que esse mundo fique melhor para se viver e sabedoria para que consigamos transformar as experiências da vida em coisas que valham a pena....
Amor às redescobertas de 2006 e que venha 2007....
Te amo bjos em vc e sua familia
Meinha.

valter ferraz disse...

Marília, comentei alí em cima e tava indo embora quando ví que tinha esse post da retrospectiva. Parei e lí tudo. Puta que o pariu, você teve método para listar,escrevinhar e colocar fotos de tudo o que foi marcante no ano. Parabéns, não consigo ser disciplinado a esse ponto. Você já viu como o perplexo é bagunçado, né? Gostei. Quanto à depressão, vai na fé que vc domina ela. Também sofro com a mardita mas ando dando uns bons dribles nela, você também dará, faz assim ó: finge que vai prum lado, passa o pé esquerdo em cima dela, dá um passo para a frente, passa o outro pé por cima e sai prolado. Fácil, não? Qualquer dúvida prestra atenção no Robinho e no Ronaldo dentuço que vc vai dar um olé.
Beijão