Layout / Art: Ana.

sábado, dezembro 30, 2006

Vergonha!


Que os deuses perdoem os homens insensatos...
Que os deuses perdoem aqueles carrascos dos carrascos!
Que não se mate alegando justiça, mas que sejam punidos os sadans da vida, os bandidos das linhas vermelhas, verdes , amarelas e de todas as periferias, com o nosso desprezo, nossa total desaprovação,
Que a esses monstros seja dado prisão perpétua em sua própria consciência pelo próprio remorso ...
E nós, observadores da história, que no conforto da distância geografica dessas mortes, possamos demonstrar solidariedade e tentar mudar a vida infeliz daqueles que não distinguem o bem do mal, o bom do ruim, a vida da morte...
Tenho vergonha da barbárie, tenho vergonha de nada poder fazer...

3 comentários:

Blog do Beagle disse...

O homem mata por prazer. Esse aí, o da foto, em especial. Matou por prazer e arruinou um país por ganância e incompetência. Todavia, pergunto-me se a morte responde às perguntas de todos nós... Ser´[a que a prisão perpétua seria melhor caminho? Dependendo do objetivo, uma ou outra é castigo de sobra, para ele e seus seguidores. Tou divagando, né? Então melhor eu deixar bjkªs . Elza

Anônimo disse...

Marília, vc se superou.... com propriedade voce falou da nossa total impotencia diante de tanto sofrimento, desamor, violência que só gera violencia, tão simples se a humanidade compreendesse que o rémedio dos males é a hulmidade, harmonia, amor, cumplicidade, generosidade.
Faço minhas suas palavras, tenho vergonha da barbárie......

Te desejo feliz, com saude, paz, harmonia, e o espírito leve...
Um beijo grande, te admiro, gosto muito.
Dedéia.

Há, hoje escutei essa musica....rs
Esse ano quero paz no meu coração, quem quiser ser meu amigo, que me dê a mão, o tempo passa e com ele caminhamos todos juntos sem parar, nossas marcas pelo chão vão ficar.... marcas do que se foi, sonhos que vamos ter, como todo dia nasce, algo em cada amanhecer...
Sonhemos....mais beijos.

Carlinha disse...

Concordo contigo Marilia, não devemos passar por cima da justiça Divina e tirar a vida de alguém, por mais "nobre" que se alegue ser o motivo.
Prisão perpétua, sim. A justiça dos homens deve haver, mas limitada.
Nada de tirar vida em nome de honrar outras...
Beijos!