Layout / Art: Ana.

sexta-feira, janeiro 12, 2007

Assistir o filme Betty Blue foi uma das situações mais tensas que já vivi. Como voces podem se lembrar, o filme nunca foi grande coisa, mas a loucura da Betty me apavorou e me apavora até hoje! Tá , é claro que surto meio parecido! Também é certo como a morte que meus ex-maridos tiveram grande responsabilidade na separação...( sic)...., mas , gente, haja amor pra suportar minhas pirações!!!
Como ando muito sem gracinha e sem idéia para escrever, e, vira e mexe recebo email de gente perguntando por qiue eu tenho mania da Betty blue, vai ai um resuminho que achei na internet é é facim , facim...
...................................
Betty Blue foi um daqueles sucessos inexplicáveis dos anos 80. O filme foi lançado em DVD com a versão do diretor. Ou seja, a obra original foi ampliada para inacreditáveis três horas de duração. Por sorte, a maioria das cenas incluídas servem para mostrar a nudez da protagonista.A trama começa quando Zorg (Jean-Hugues Anglade), um zelador de um condomínio de bangalôs em uma praia na França, conhece Betty (Béatrice Dalle). Rapidamente, a sua vida pacata e tranqüila vira de cabeça para baixo. O motivo são as mudanças de humor de Betty. Ela é tão linda quanto imprevisível. Zorg, entre uma cena de sexo e outra, percebe que sua namorada não bate muito bem da cabeça. Betty parece ser uma força da natureza totalmente incontrolável. Então, entre uma cena de nudez e outra, ela decide que seu amor é um grande escritor. Por isso, incendeia um dos bangalôs e a vida de ambos toma um novo rumo.Desta maneira, Zorg e Betty vivem um intenso caso de amor enquanto vão fazendo sexo sem parar. Ela insiste em acreditar no rapaz mais do que ele acredita em si mesmo. Porém, as maluquices de Betty começam a fugir do controle. Zorg percebe que está amando loucamente uma mulher maluca.O filme então caminha para um desfecho trágico sem antes acrescentar muitas cenas de nudez gratuita e sexo idem. Agora é preciso ser honesto, nem com toda a boa vontade do mundo existe assunto para três horas de Betty Blue. A obra do diretor Jean-Jacques Beineix envelheceu mal. Salvam-se ainda a trilha sonora (fez muito sucesso na época) e nudez de Béatrice Dalle, musa de muitos onanistas da década de 80. Curiosamente, uma das cenas excluídas e agora restauradas na versão do diretor mostra Zorg consumindo cocaína. Prova de que os anos 80 acabaram mesmo virando pó.
J. Tavares
(Betty Blue - 37°2 le matin, França, 1986), Direção: Jean-Jacques Beineix, Elenco: Jean-Hugues Anglade, Béatrice Dalle, Gérard Darmon, Consuelo De Haviland, Clémentine Célarié, Jacques Mathou, Vincent Lindon, Jean-Pierre Bisson, Dominique Pinon, Bernard Hug, Catherine D'At, Claude Aufaure, Louis Bellanti, Dominique Besnehard, Raoul Billerey, Duração: 180 min

5 comentários:

Sonho Meu disse...

Nossa amiga,
nunca vi esse filme. Acho que sou meia por fora com filmes pesados. Adoro historinhas de amor normal hehehehehe.
Ah, sobre o teu comentario la no blog,(escritorio de emigracao), busquei nos meus arquivos e te falo com certeza, nunca postei sobre este assunto. Será que vc nao se enganou?
Mas vou dar outra busca e te aviso qualquer coisa, ok?
bjokas,
me

Carlinha disse...

Meu Deus! Eu entrei num blog estes dias e não lembro o nome que falava deste filme.
Eu confesso, nunca ouvi falar, muito menos assisti. E olha que adoro coisas antigas!
Vou procurar pra comprar.
No mais querida, tenha um ótimo final de semana!
Um grande beijo!

Yvonne disse...

Marília, eu vi esse filme e fiquei sem rumo por algumas horas. A mulher é doida e as cenas são muito picantes. Confesso que não gosto muito de filmes do tipo, apesar de que este me agradou. Não verei novamente. Beijocas

Lizzie disse...

Eu sou cinéfila ao extremo. Amo filmes, mas ainda não vi Betty Blue.
Procurarei ver. Os filmes lançados nos anos 80 são ótimos!
Beijão

Claudao disse...

a pripa idi e foda. em pleno sabado de feriado 21 de abril me liga cedo aos prantos que precisava de creme para hidratar suas madeixas longas. correu pra minha casa e levou consigo um potao de creme, tinta caressima pra pintar a lera e ainda me tirou dez reais alegando nao ter dinheiro(novidade...)ninguem merece. aviso importante: comprem bina e nunca atendem o tel:(31)33446... ass.claudao a solucao