Layout / Art: Ana.

terça-feira, setembro 02, 2008

Sou de muitos amores


Sou uma mulher de muitos amores.

Amo meus cheiros, meus guardados de viagens, meus papeizinhos de recado, meus retratos.

Amo meus livros velhos, meus discos, (é cd mesmo),mas só chamo de disco....

Amo ver a montanha da janela, o céu cinzão, ou azul de doer o olhar.

Amo ser feliz , mas a vida me passa rasteiras enormes, e saio "trupicando' morro abaixo...

Amo quando chego de volta lá em cima.

Sou uma mulher de muitos amores.

Amo viver, e acho que é essa a grande razão "de eu" ter sobrevivido....

by Idy

9 comentários:

Thiago Quintella disse...

A onda é essa mesmo, jovem mãe! Sobe e desce da vida faz ela ser a própria vida! Que bom que vc voltou a escrever aqui!

ANDREA MENTOR disse...

Que lindo esse texto Marília. Adorei que me visitou!! Volte sempre que quiser! Tb gosto muito do seu blog e sempre venho aqui!!! Voltarei mais vezes... E vou te adicionar na minha lista! Beijo grande

Aninha Pontes disse...

O mais importante você faz. Ama viver.
Isso é remédio para todos os males.
O amor faz viver, reviver.
O amor dá sentido a tudo.
Um beijo grande e meu carinho.

ANDREA MENTOR disse...

Marília, tb sou de muitos amores... E o amor quase me consome. Por mim, passaria a vida apaixonada falando coisas doces e piegas sobre o amor... Vem sempre me ver!!!

Yvonne disse...

Graças a Deus você sobreviveu para que pudéssemos curtir a sua pessoa. Lindo post amiga.
Beijocas

Márcia(clarinha) disse...

E por Se amar e Ser amada vai trupicando sem cair, é você mulher guerreira, balança mas não cai...

Gosto de você, fico feliz por isso.

lindo dia,
beijos

Mario disse...

Que bom amar a vida e a si mesmo. Boa quarta feira, Marília.

Anunciação disse...

E está sobrevivendo lindamente!beijos.

Adelino disse...

Marília, pouos entendem o conceito de felicidade. Eu pelo menos entendo assim: uma pessoa não É feliz, ela ESTÁ feliz o que, claro, pressupõe que a FELICIDADE é um estado de espírito que varia de acordo com as circunstâncias.
Aliás acabei falando o que todo mundo já sabe, o óbvio.
Amar a Vida, como disse, é muito mais do que meio caminho andado para se atingir a felicidade.
Beijos, e uma ótima semana.
Adelino
PS - Marília Alvarenga, você voltou em grande estilo, mas seria interessante se respondesse aos comentários dos leitores, não acha? Seu tempo é escasso eu sei, mas vale a pena. É só uma sugestão.